8 de novembro de 2010

DUPLAS E TRIOS VOCAIS DA BAHIA - INEMA TRIO

A TRAJETÓRIA MUSICAL DO INEMA TRIO

Primeiro foi o trio vocal  Os Icaraís, depois seria o Inema Trio (fundado por Douglas Rocha, com Antonio Carlos dos Santos Pereira, - Toninho e Expedito Machado de Carvalho, - Dito), conjunto vocal-instrumental de carreira brilhante,  e que resultou na dupla Toninho e Expedito, a qual mais tarde viria se consagrar como Tom & Dito. Mas aí, já estamos no início da década de 70...
O Inema Trio faz parte da lista dos músicos de maior destaque na década de 60, ao lado de Carlos Lacerda, Alcyvando Luz, Carlos Coqueijo, Osvaldo Fahel, Ederaldo Gentil, Trio Xangô, Trio Piatã e Tião Motorista, entre outros.

Inema Trio. A partir da esquerda: Douglas Rocha, o fundador; Expedito, Toninho.

Em depoimento à pesquisadora Ayêska Paulafreitas (2004), o cantor e compositor baiano José Emmanuel relata que apresentou o "Trio Inema" a Carlos Lacerda, então diretor musical da TV Itapoan, que logo o incluiu na programação da emissora, interpretando a composição Menino do Acaçá, do próprio José Emmanuel. Mas, para isto, foi preciso driblar a resistência existente na época por parte dos diretores da TV Itapoan, quanto a músicas inéditas de compositores baianos. Então, ao serem indagados sobre o autor da música, os rapazes do Inema Trio responderam: "Vinícius de Moraes". Conseguiram assim cantá-la diversas vezes, sem maiores dificuldades.


Em 1967, o Inema Trio interpretou a composição vencedora do I Festival do Samba na Bahia, promovido pela TV Itapoan e pelos Estúdios JS. Este LP alcançou o recorde de vendas da gravadora, devido ao grande sucesso do evento.

 I Festival do Samba na Bahia -  JS Discos - JLP 9001

1 - Inema Trio interpreta Alagados, vencedora do I Festival do Samba na Bahia (1967)
2 - Tom e Dito em versão mais recente da canção Alagados (1971)


Alagados
Composição: Antônio Carlos Pereira (Tom da Bahia) e Edigildo Pereira
Interpretação: Inema Trio

La laiá, laialaiá, laiá

Depois de ver o Pelourinho
O grande conjunto colonial
Venha ver os Alagados
Faço um convite especial

Se o balançar da ponte
Este mundo sem horizonte
Fizer você voltar
Olhe lá de São Caetano
Este quadro singular

A miséria e a beleza
Dando a mão prá se casar
Tudo isto se reflete
E até parece lindo
Nas águas calmas do mar

Laiá, laialaiá

Mas se chega o Noroeste
Alagados estremece
Canta o vento
Chora o povo
Tudo pode desabar
Vá embora meu amigo
Conte isto sem chorar

La laiá, laialaiá, laiá  


Em 1968, o Inema Trio, juntamente com mais nove artistas iniciantes foram vencedores do festival "A Grande Chance", promovido pelo apresentador Flávio Cavalcanti, na Rede Tupi-RJ. O Inema Trio defendeu a composição Upa Neguinho, de Edu Lobo/Guarnieri. 

As Revelações da Grande Chance Nº 2 - LP CODIL: cdl13012
Gravado ao vivo no Teatro Carlos Gomes - RJ
(Clique para ampliar)


À esquerda, de terninho azul, os rapazes do Inema Trio


Upa Neguinho
Composição: Edu Lobo / Gianfrancesco Guarnieri
(Composta para o espetáculo Arena Canta Zumbi)
Interpretação: Inema Trio

Upa, neguinho na estrada
Upa, pra lá e pra cá
Virge que coisa mais linda
Upa neguinho começando a andar

Upa, neguinho na estrada
Upa, pra lá e pra cá
Virge que coisa mais linda
Upa neguinho começando a andar
começando a andar
começando a andar
E já começa a apanhar

Cresce neguinho me abraça
Cresce e me ensina a cantar
Eu vim de tanta desgraça
Mas muito te posso ensinar
Mas muito te posso ensinar

Capoeira, posso ensinar
Ziquizira, posso tirar
Valentia, posso emprestar
Mas liberdade só posso esperar


No catálogo da Gravadora JS, consta o compacto duplo Inema Trio na Pilantragem - CJS 902 (Inema Trio). Essa foi a primeira gravação da composição Bossa Capoeira, cujo crédito de autoria, Batatinha simbólicamente dividiu com J. Luna.

Inema Trio - compacto simples pela RCA Victor - 1968
Lado A - Pai João (Antônio Carlos Pereira)
Lado B - Bossa Capoeira (Batatinha / J. Luna)

 Compacto 7" 33 rpm, RCA Victor LC6414 



Pai João
Composição: Antonio Carlos Pereira
Interpretação: Inema Trio






Bossa Capoeira
 Composição: Batatinha / J. Luna
Interpretação: Inema Trio


A moçada vai gostar
Quando eu der do meu samba uma prova
E ouvir o berimbau no balanço da bossa-nova

Vem, vem, vem,
Vamos dançar
Bossa-capoeira que é de abafar

Não tem rabo de arraia
Nem, pernada, ó meu irmão
Tem morena nos meus braços dançando
É sensação 

Em maio de 1969, o Inema Trio produzia, entre tantas interpretações pela Gravações JS, um outro registro, do compositor baiano Oscar da Penha (ou Batatinha), aliás o primeiro para a música Diplomacia. Batatinha, neste que foi seu primeiro disco, ainda não aparece como intérprete. Contando com o arranjo e a participação ao piano do maestro Carlos Lacerda, esta gravação foi considerada por Jorge Santos, fundador da JS, "uma das melhores gravações do Inema Trio na Gravadora JS".
Carlos Lacerda, que foi diretor musical da TV Itapoan e da Gravadora JS, integrava, com o baixista Moacir Albuquerque e o baterista Tutti Moreno, um trio instrumental que tocava nos programas de televisão da época. 

Compacto duplo Batatinha & Cia Ilimitada 
JS Discos - CJS 901

Diplomacia
Composição: Oscar da Penha (Batatinha) / J. Luna
Interpretação: Inema Trio

Meu desespero ninguém vê
Sou diplomado em matéria de sofrer (bis)

Falsa alegria, sorrisos e fingimento
Alguém tem culpa desse meu padecimento

(Refrão)

Luto por um pouco de conforto
Tenho o corpo quase morto
Não acerto nem pensar
Mesmo com tanta agonia
Ainda posso cantar (bis)

(Refrão)



Inema Trio - Compacto Simples pela RGE - 1970


Aruê Pam
Composição: Toninho do Inema / Marieta
Interpretação: Inema Trio 

Aruê pam, pam, pam, pam, pam, pam, pam

Nao me fales de amor, não é preciso
Deixe o silêncio cair entre nós dois
Não mais quero ouvir
As mesmas frases repetidas
Se os teus olhos me falam coisas belas de amor


Aruê pam, pam, pam, pam, pam, pam, pam

Haverá mais beleza em teu silêncio
Sinto medo do encanto se quebrar
Prefiro este silêncio doce e meigo
Prefiro entender o amor que existe
O amor que existe em teu olhar


Aruê pam, pam, pam, pam, pam, pam, pam

(Não confundir esta composição com Aruê-pam, de Ederaldo Gentil e Batatinha, que foi inclusive gravada por Jair Rodrigues, em 1982).



E, para surpresa de muitos, o grupo vocal Inema Trio é o responsável pelas vozes na gravação do hino oficial de uma agremiação de futebol da Bahia, o Esporte Clube Galícia:


 Hino do Galícia



Fontes:
Ayêska Paulafreitas
- Da JS à WR: apontamentos para uma história da indústria fonográfica na Bahia;
- Trajetória da Indústria Fonográfica na Bahia
Carolina Menezes de Almeida Santos
- Diversidade musical e as atividades da Secretaria de Cultura e Turismo da Bahia na área de música: 1995 a 2006
Encarte do CD Resgate da Memória Musical da Primeira Gravadora da Bahia. Salvador, 2002.
Sites e blogs:

http://www.samba-choro.com.br/s-c/tribuna/samba-choro.0704/0043.html
http://lpsbrazil.blogspot.com/2010/06/inema-trio.html
http://ocourodocabrito.blogspot.com/
http://www.cdandlp.com/artist/13-0-0/2/1/inema-trio.html


DUPLAS E TRIOS VOCAIS DA BAHIA - TOM & DITO:
http://tempomusica.blogspot.com/2010/11/duplas-e-trios-vocais-da-bahia-i-i-tom.html



[continua...]

Nenhum comentário:

Postar um comentário